As piores ideias de marketing da História dos VideoGames

Postado em 29/10/2013.

Todos nós sabemos que marketing não é uma ciência muito exata, não é mesmo? Entretanto, uma coisa é certa: quando uma propaganda está destinada ao insucesso do produto, não precisamos nos esforçar para notar isso. Pensando nisso, fomos atrás das piores campanhas de marketing da história dos games para elaborar um artigo completo e bem humorado para vocês. Então, acompanhe-nos agora e não se esqueça de deixar seu comentário no final, sempre se preocupando em se expressar. Vamos lá!

5. Wii U

Wii U

O Wii U volta a ser citado aqui no blog por causa da sua péssima ideia de nome e também pela apresentação do console por parte da sua criadora, a Nintendo. Muita gente não entendeu se o Wii U era um console individual ou se era um acessório para o Wii, o que simplesmente acabou prejudicando e muito as vendas do console.

Hoje em dia, a Nintendo ainda tenta reverter essa desinteligência com alguns lançamentos de qualidade, visando fazer o consumidor entender que o “U” do nome de seu console significa “2”. Enfim, por falta de argumentos isso aconteceu.

4. Campanha publicitária de lançamento do PS3


Não precisaríamos falar nada sobre este vídeo, pois você mesmo pode tirar suas conclusões. Entretanto, vale a pena ressaltar que a Sony gastou 150 milhões de dólares nesta campanha publicitária de lançamento do PS3. Bom, você deve estar pensando: 150 MILHÕES de DÓLARES nisso? Sim jovem, nem nós conseguimos entender o porquê ela não usou o dinheiro para criar algo melhor e bem mais chamativo. Enfim, é algo bizarro que ninguém nunca soube explicar o porquê isso foi usado no merchan.

3. “O Xbox One liga, agora”

Xbox One sem Kinect

Todos nós sabemos que a Microsoft havia anunciado que o Xbox One só iria ligar se o Kinect estivesse devidamente conectado e ligado. Isso causou muita revoltas nos fãs da companhia, já que muita gente reclamou que não queria ser filmado jogando (ou fazendo outras coisas na frente do videogame). Além disso, ainda se perguntaram o que aconteceria com o console se o Kinect estragasse. Bom, a Microsoft ouviu (ou arrumou uma desculpa para voltar atrás) as massas e removeu a necessidade de estar com o dispositivo conectado para ligar o console. Entretanto, ao invés de anunciarem esta mudança de uma forma normal, eles resolveram criar uma propaganda, anunciando como um dos “destaques” o fato do console ligar sem o Kinect.

2. O PSP racista

Racismo no PSP

Não sabemos como esta imagem foi aprovada para servir de publicidade, já que a mesma é bizarramente racista em vários níveis. Não só pelo fato da mulher branca estar esmagando a bochecha do garoto negro, mas também pelo fato da cor do fundo da imagem não favorecer o garoto, não é mesmo?

1. O Torso de Dead Island Riptide

Dead Island - Edição Especial

Além de ser um jogo bom, Dead Island é conhecido também pela série de problemas envolvendo a brutalidade do jogo e a classificação etária em vários países. E o que eles fizeram para resolver/melhorar isso em seu próximo jogo da franquia? Lançaram um torso de uma mulher de biquíni toda ensanguentada na edição especial do jogo.

Sem dúvidas, essa foi a pior ideia de marketing da história dos games, concorda?

E você, se lembra de alguma outra ideia horrível de marketing? Comente!




Comentários (0) Comentar

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!