Assassin's Creed: Syndicate - Análise

Calando a boca de muita gente, a Ubisoft traz sua franquia de volta as origens com Assassin's Creed: Syndicate. Confira nossa análise do jogo aqui!

Postado em 10/11/2015.

Aqui está uma notícia boa: parte da Ubisoft ainda sabe como fazer um Assassin’s Creed que é ao mesmo tempo fiel à sua época e divertido para jogar. Descobrimos que estávamos jogando algo bom quando tivemos brigas em cima de um trem em movimento com apenas alguns minutos de jogo. E a diversão não para por aí. Cheio de personagens, movimentos incríveis e muito espaço para usar a criatividade para matar, Syndicate trouxe sua série de volta ao caminho certo.

Enquanto Unity se passou na época da Revolução Francesa, Syndicate se passa no alvorecer da Revolução Industrial, enquanto nossos heróis cumprem suas missões e conhecem figuras famosas, como Karl Marx e Florence Nightengale. Há fortes mudanças ao decorrer do jogo, a partir das invenções que estão mudando rapidamente a sociedade para Jovens Assassinos que chegam a romper o domínio que os templários têm sobre a cidade.

Sim, é Assassinos no plural, e esta é a nova dinâmica principal de Syndicate. Os gêmeos Jacob e Evie Frye são absurdamente ágeis e ao mesmo tempo divertidos. Jacob é um brigão de cabeça quente que parece mais interessado em criar uma gangue de rua impressionante do que em melhorar o mundo. Evie, por outro lado, é um assassino mais tradicional que está focado em encontrar artefatos quando não está ocupada limpando as burradas que Jacob faz. Você pode jogar com qualquer um dos dois assassinos, exceto nas missões de caráter específico.

Atos heroicos estão melhores do que nunca, pois Syndicate faz grandes progressos com as muitas melhorias que Unity introduziu. O sistema de parkour está muito melhor – agora você não sobe em edifícios com facilidade e ocasionalmente, por conta de movimentos errados, você acaba caindo. Mais importante ainda, Syndicate realiza plenamente a solução dos problemas apresentados em Unity.

assassinscreedsyndicateanalise_03

Estamos felizes de informar que Syndicate não tem muitos bugs como temíamos. Tivemos um bug em que impedia de cumprir uma das missões principais, mas depois de sair e reiniciar o jogo tudo voltou ao normal. E há, claro, bugs bastante comuns em um jogo de mundo aberto recém-lançado, como objetos aleatórios voando, mas não há certamente nada comparado com o nível de bugs de Unity. Syndicate é perfeitamente jogável agora, e deve ser mais ainda após uma atualização para corrigir esses pequenos bugs.

assassinscreedsyndicateanalise_02

Sem os bugs, é mais fácil de apreciar o excelente trabalho audiovisual que traz Londres à vida no século XIX. No início, tudo parece bastante monótono, mas a cidade é bastante diversificada e vibrante. A animação, em geral, é suave e agradável, e as expressões faciais são simplesmente incríveis. Ainda mais do que na Revolução Francesa, é divertido andar ao redor da cidade e ver o que as pessoas estão fazendo.

Esta atenção aos detalhes faz de Londres uma cidade histórica interessante para explorar. Você pode saltar a partir do topo do Big Ben ou saltar através dos barcos a vapor, isso antes mesmo de chegar às missões principais. É como estar em um filme!

assassinscreedsyndicateanalise_04

Vale a pena jogar Assassin’s Creed: Syndicate?

Estamos felizes que a Ubisoft conseguiu trazer um Assassin’s Creed divertido novamente. Se você gostou de Assassin’s Creed Brotherhood e Black Flag, Syndicate será seu mais novo Assassin’s Creed favorito. Ele não se afasta da “fórmula” dos jogos originais que os jogadores tanto gostam, mas aperfeiçoa consideravelmente todo seu sistema. Enfim, realmente vale a pena comprar e jogar Assassin’s Creed: Syndicate!

E você, o que achou de Assassin’s Creed: Syndicate? Comente!




Comentários (0) Comentar

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!