A ascensão dos E-sports nos últimos anos

Postado em 21/07/2017.

Competições de videojogos a nível profissional, também conhecidos por torneios E-sports (Electronic sports), decorrem atualmente a um nível mundial. Os torneios organizados contam com uma variedade de jogos, ao gosto de cada um, que podem ser realizados em modo online ou offline, dependendo do estilo de campeonato e da fase do qualificador. Seja fã de esportes, jogos de estratégia em tempo real, luta, shooters em primeira pessoa (FPS), corridas, e outros jogos online multiplayer, os E-sports ascenderam a um nível que conta com centenas de jogos e milhões de participantes na comunidade.

A Twitch é uma plataforma de livestream muito popular na comunidade de videojogos. No ano de 2015, esta plataforma confirmou ao público as suas estatísticas, afirmando que durante os torneios de E-sports realizados, teria atingido um total de 226 milhões de visualizações.

A indústria de videojogos sempre acompanhou o desenvolvimento da tecnologia, desenvolvendo jogos com gráficos mais realistas e acessórios para melhorar a experiência gaming em geral, aperfeiçoando a interação do jogador com o jogo. Uma das novas tendências é a utilização de realidade virtual em videojogos, através de um headset de VR que pode facilmente ser ligado à sua plataforma de jogo, seja uma consola ou um computador. Este novo acessório de videojogos promete intensificar a experiência gaming ao criar momentos mais realistas.

As competições de videojogos têm sido comparadas ao futebol devido às grandes semelhanças que os dois jogos aparentam. Jogadores profissionais, tanto de futebol, como de videojogos, têm agendas preenchidas com treinos e outras atividades com o seu time, para além de terem restrições em dietas e outros hábitos que possam afetar as suas capacidades durante o jogo. Adicionalmente, dado que a comunidade de videojogos aumentou drasticamente, o público que procura viver os torneios ao vivo obrigou a transferir os torneios para recintos como estádios de futebol e arenas. Os próprios times de futebol já têm investido nos seus próprios times de e-sports por todo o mundo.

No ano de 2013, um dos jogos mais populares da Riot Games, contou com 32 milhões de visualizações durante o seu torneio de League of Legends. Para muitos, infelizmente, o tema de carreira profissional em videojogos ainda é tabu, isto é devido a uma falsa crença de que um emprego como jogador profissional se baseia em estar sentado em frente de um computador durante horas. Em semelhança com jogadores de futebol, existe um enorme processo que engloba treinos, desenvolvimento do pensamento estratégico e análise de situação, até uma pessoa se poder intitular como profissional num esporte. Autocontrole, saber fazer jogos mentais com o adversário, paciência para jogar repetidamente e saber focar sobre pressão são outros critérios comuns entre as duas carreiras.

Estas são características que se encontram frequentemente em profissionais de carreira de diversos jogos e esportes. Jogadores de poker também partilham as mesmas qualidades que jogadores de videojogos e de futebol, pois poker é um jogo que também exige muita capacidade por parte do jogador para além de sorte.

Os E-sports já existem há cerca de 20 anos e têm continuamente apoiado os torneios de videojogos, e a este ritmo, prevê-se a sua contínua ascensão, proporcionando ainda mais momentos inesquecíveis, e de tirar o fôlego aos entusiastas desta modalidade.




Comentários (0) Comentar

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!