Por que o Nintendo 64 fracassou?

Postado em 02/07/2013.

Em 1993, a Nintendo já respirava aliada, já que seu Super Nintendo tinha feito um gigantesco sucesso no ano anterior e a empresa estava com tempo livre para criar algo novo e aposentar seu 8-bit. Lançado tardiamente, o SNES teve grandes dificuldades para conseguir superar seus concorrentes direitos, o Mega Drive e PC Engine, criando, assim, um desejo de evitar cometer o mesmo erro novamente. 5 anos depois desta data, chegava, enfim, o seu console da 5° geração, o Nintendo 64, com o objetivo principal de conquistar o mercado e manter a empresa no topo durante mais alguns anos. O resto da história todos vocês conhecem, o novo videogame da companhia foi um fracasso. E foi pensando nisso que decidimos criar este artigo, onde estaremos apontando alguns motivos que fizeram o Nintendo 64 fracassar. Acompanhe-nos!

porque-o-nintendo-64-fracassou

Ainda utilizava cartuchos

Esse é o motivo principal. Em pleno o ano de 1996, o CD já fazia parte do mundo dos games. Uma dúzia de videogames já havia adotado a mídia que, em vista dos cartuchos, trazia vantagens gigantescas, em especial o espaço de armazenamento (um CD da época podia ter até 650MB, enquanto os cartuchos se limitavam nos 8MB).

Mas se a nova mídia já estava presente no mundo dos games, porque a empresa não adotou os CDs no 64? A resposta é bem simples: ganância. A Nintendo alegou, oficialmente, o tempo de loading dos CDs e a impossibilidade de colocar chips aceleradores, como nos cartuchos. Entretanto, a empresa não lançou nenhum jogo com o tal chip acelerador para Nintendo 64.

Na prática, o grande e real motivo era que a empresa não queria perder a gigantesca receita gerada pelo monopólio na produção de cartuchos, que eram revendidos para as softhouses. E isso está diretamente ligado com o próximo motivo…

Pouco suporte das softhouses

Logo em seu lançamento, o 64 foi visto com outros olhos pelas principais produtoras de jogos do mundo por causa da mídia escolhida. Além do problema do espaço, havia também o controle rigoroso sobre o formato. Já na metade da década de 90, os custos de produção de um cartucho eram, pelos menos, quatro vezes maior que a de um CD. Assim, as softhouses começaram a parar de dar suporte, já que os lucros com um jogo de Nintendo 64 era inevitavelmente menor que os lucros de um jogo para o PS1, por exemplo. E foi a partir daí que Sony começou a mandar na parada toda!

Voltado demais ao público infantil

Outro grande erro cometido pela Nintendo foi visar demasiadamente no público infantil, o que, basicamente, foi um grande retrocesso, já que o Super Nintendo já tinha caído nas mãos de um público mais velho. Dessa forma, o console virou um zoológico de mascotinhos, um gênero que ainda era forte, mas não como havia sido na geração passada. Jogos voltados para um público mais adulto/jovem, como Fire Emblem, Metroid e outros, nunca chegaram à biblioteca de jogos do Nintendo 64.

E você, se lembra de mais algum motivo que fez o Nintendo 64 fracassar? Deixe seu comentário!




Comentários (1) Comentar

Joao Francisco digitou:

tenho ele até hj, um dia será raridade :D